Favor habilitar Javascript! CINEMA BRASIL NA INTERNET - CINEMA BRAZIL NA INTERNET

  Other Idioma?  
clique no banner acima                                                    
  Contato O Projeto
Mapa do Site
| Início | Acervo de Filmes | Roteiroteca | Vídeo online | Debates | Cadê Profissionais? | Memória |
|
Cine Matérias

Seu filme favorito

A Produtora
O que é o Projeto
Quem aprova
COMO PATROCINAR
Matérias/Artigos
Política/Mercado
Festivais/Concursos
Dicas de Produção
|

CURTA-SE
TERCEIRO FESTIVAL DE CURTAS DE SERGIPE

DIA 01/06/2003 Cheguei em Aracaju. O hotel PARQUE DOS COQUEIROS continua o mesmo enorme e bonito lugar que acomoda os convidados. Neste ano, por força das circunstâncias que levaram o festival a mudar sua data para mais tarde, os participantes com filmes foram hospedados também em outros hotéis, como o REAL.



Hoje, foi exibido o filme ÔNIBUS 174, de José Padilha.
Eu, que não tinha visto o filme ainda, gostei do estilo
do diretor num documentário de ritmo acelerado e muito
interessante, gostei do esmiuçamento da pesquisa, que
foi muito favorecida pela documentação já existente em
vídeo sobre os sobreviventes da Chacina da Candelária 
em 1993, gostei da demonstração quase frame a frame da
ação que de fato ocorreu naquele dia em que Sandro faz
reféns e no desfecho um policial atira nele já após sua
rendição. Sandro não quer matar ninguém, só sair dali,
e quando consegue, recebe bala. Num impulso que se
contradiz a todo seu autocontrole, mesmo estando sob
efeito de drogas, dá dois tiros na refém com quem saiu
do ônibus. O primeiro tiro foi do policial, era para
atingir Sandro, mas atingiu de raspão a refém. Contudo,
os tiros fatais vieram do revólver de Sandro. Mas afora
este momento crucial do filme, há um resgate da 
trajetória do menino que presenciou o assassinato de
sua mãe, que foi menino de rua e quase foi morto no
incidente internacional "Chacina da Candelária", que
sem mãe, adotou uma senhora como mãe, passando a morar
com ela e receber o afeto de mãe (a única "familiar"
a ir no enterro de Sandro), e recorria à Assistente
Social Ivone, que procura orientar os meninos de rua
do centro da cidade. Sandro aos 22 anos não queria
voltar para a cadeia, que já tinha experimentado, por
pequenos assaltos sem vítimas. Tudo o que queria era
sair dali, recomeçar, tentar ser alguém, sair daquela
armadilha que se formou em torno dele durante um
assalto a um ônibus da linha 174. Por outro lado, a
sua exclusão, a sua invisibilidade, por um momento
estava solucionada. Agora, ele estava ao vivo para
várias Televiões do Brasil e do mundo, e era a hora
dele fazer o seu show. Fez e pagou o preço da fama
rápida, indevida pelos caminhos tortos, únicos que
sobram aos meninos desamparados pela sociedade. Um
filme forte que, como nas palavras de um ex-policial
e membro da equipe do filme, não tem nada a ver com
diversão, mas sim com uma profunda reflexão, que 
muita gente prefere evitar, ignorar. No CURTA-SE,
no CINEMARK do Shopping Jardins, foi auplaudido com
reservas, não porque não gostaram, mas porque estavam
todos extasiados de tanto horror.

A programação de hoje toda foi:

DOMINGO - 1º DE JUNHO 
 
CULTART
9h às 12h, 14h às 17h - Curso
"Cinema e Filosofia" – Profº Romero Venancio - DFL/CECINE/UFS
Acesso: matriculados

Tenda Cultural - Shopping Jardins
16h – Performances e esquetes: Denver Paraíso - Trupe Sentelha
16h20min – Homenagem Especial Wilson Silva
Cristo de Lama
17h40min – Show musical: Naurêa
18h30min - Espetáculo de dança: Nós em Cia.
Acesso: 1 kg de alimento não-perecível (Programa Fome Zero) 

Praia 13 de Julho
18h – Mostra Informativa Comunidade – 85’43”
Volta Gervásio, NTG
Boi, de Edu Felistoque & Nereu Cerdeira
Furos no Sofá, Martins Produções
Aeroporto em 'O Embarque', Universidade Estácio de Sá
Raimundo e a Flor: Uma Love Story no Sertão, de Eduardo André Sodré
3º Congresso Brasileiro de Cinema, de Leo Artur Sassen
Porto de Partida: Fórum Social Mundial, de Bernardo Duet Chagas
Acesso: livre 

Cinemark - Shopping Jardins
19h – 3ª Mostra Curta Petrobras
Em Busca da Cor, de Telmo Carvalho
Baseado em Estórias Reais, de Gustavo Moraes
19h30min - 3ª Mostra Competitiva 35mm – 57'
Coruja, de Simplício Neto
Domingo, Núcleo de Cinema TGD
O Bloqueio, Cláudio de Oliveira
O Poço, Toscographics
A Lasanha Assassina, Ale McHaddo
20h40min - 3° longa convidado
Ônibus 174, de José Padilha
Acesso: 1 kg de alimento não-perecível (Programa Fome Zero)



Comentários do CINEMABRASIL sobre o festival:
Dia 31/05/2003
Dia 01/06/2003
Dia 02/06/2003
Dia 03/06/2003
OS PREMIADOS
CARTA DE ARACAJU de 2003
site oficial

|




|
visitas:
| Início | Acervo de Filmes | Roteiroteca | Vídeo online | Debates | Cadê Profissionais? | Memória |