Favor habilitar Javascript! CINEMA BRASIL NA INTERNET - CINEMA BRAZIL NA INTERNET

  Other Idioma?  
clique no banner acima                                                    
  Contato O Projeto
Mapa do Site
| Início | Acervo de Filmes | Roteiroteca | Vídeo online | Debates | Cadê Profissionais? | Memória |
|
Cine Matérias

Seu filme favorito

A Produtora
O que é o Projeto
Quem aprova
COMO PATROCINAR
Matérias/Artigos
Política/Mercado
Festivais/Concursos
Dicas de Produção
|
Especial
5º Festival de Atibaia - FAIA 2010
FESTIVAL DE ATIBAIA INTERNACIONAL DO AUDIOVISIAL 2010

Comentários do CinemaBrasil sobre o festival:


*13 de Janeiro de 2010:
Estou aqui no Quinto Festival de Atibaia, onde está acontecendo
o Primeiro Encontro Internacional dos Direitos do Público e
o Encontro Preparatório do CBC de comemoração dos 10 anos da
entidade. Chegarão para o evento o ministro interino da Cultura,
Alfredo Manevy, o Secretário do Audiovisual Sílvio Da-Rin e
o presidente da Ancine, Manoel Rangel.

A reunião do CBC será hoje às 14:30h e será uma extensão da
primeira preparatória realizada em 18 de Novembro de 2009,
no Festival de Brasília, que teve a presença de Manoel Rangel,
Mário Diamante e Sílvio Da-Rin, sentados numa roda com os
diretores das entidades filiadas ao CBC, que depois se
reuniram sozinhas para deliberar alguns pontos da PAUTA desta
reunião de ATIBAIA.

Em Brasília ficou acertada a produção de um vídeo e de um livro
reunindo a Memória dos 10 anos de CBC. Para o livro, o presidente
do CBC, Rosemberg Cariri, convidou-me a escrever um Texto de
como se deu a retomada dos Congressos Brasileiros de Cinema,
que por 47 anos não mais aconteciam. Lembro de igual honra quando
recebi convite para escrever Texto para o Livreto do "I Seminário
Cinema Brasileiro Hoje" de Gustavo Dahl em 1998, quando ele
ainda nem sabia que em 2000 seria convidado por Roberto Farias, 
para substituí-lo no convite que os 29 Fundadores fizeram de que
ele, Roberto, fosse o primeiro presidente do CBC, e ele não pôde
aceitar.

Esquentando os motores, todos ontem assistimos aos curtas do
Festival de Atibaia, sendo que se destacaram:



NELLO´S de André Ristum, sobre Nello Rossi, produtor do primeiro
longa de desenho animado 3D brasileiro, CASSIOPÉIA, um italiano
que diz ter trabalhado como assistente de direção de Rosselini,
mostra fotos e nos traz uma emoção grande, principalmente porque
ele não chegou ao estrelato, nem como ator, diretor ou produtor,
mas é feliz, dono de um restaurante em SP. Nello Rossi, para 
quem não ligar o nome à pessoa, é aquele empresário com ar
de mafioso que parece que vai brigar com o funcionário 
Fernandinho, mas no final diz "Que bela blusa!" com uma mudança
facial radical para admiração e simpatia, e no dia seguinte
todos os funcionários estão usando camisa igual à do Fernandinho.
Lembraram? Quem não viu, pode encontrar nos arquivos da Cinemateca.



CALANGO LENGO, MORTE E VIDA SEM VER ÁGUA, de Fernando Miller,
excelente animação, envolvente ação a do esfomeado fugindo
literalmente da morte até vencê-la com uma ajuda inesperada.

SUNDAY, de Fabio Delai e Renne Castrucci,
um filme todo falado em inglês sobre problemas existenciais,
não é genial, chega a ser previsível da metade para a frente,
mas ATINGE o público brasileiro, e deverá atingir a qualquer
público, pois é um filme universal, sua maior qualidade. Os
dois cegos que ignoram um que o outro é cego, iluminaram a
platéia do 5o. FAIA.

Achei de fraca proposta o curta GUARANI, apesar de extenso
material sobre o cinema que deu origem ao Cine GLAUBER ROCHA
na Bahia. Interessante é o depoimento da mãe de Glauber, D.
Lúcia, que achou o presente oficial de dar nome do filho ao
cinema um presente como aquele que se dá quando chega uma
pessoa e não se tem um presente específico para ela, e então
a gente embrulha alguma coisa para dar. D. Lúcia cita o
fato de a sala programar filmes dos Trapalhões, um tipo de
filme que nada tinha a ver com o pensamento do filho, mas
levando embaixo, na fachada, a legenda "Cine Glauber Rocha".
Pontos de vista.

E também achei mal explorado o tema da morte do menino
"MAICOU DIÉQUISION", numa favela no Espírito Santo.
Questão de gosto.

Depois, relato mais, se puder.

Forte Abraço,

Marcos Manhães Marins
CINEMABRASIL




Cobertura diária do festival ATIBAIA:
Dia 13/01/2010
Dia 14/01/2010
Dia 15/01/2010
Dia 16/01/2010

Site Oficial
|




|
visitas:
| Início | Acervo de Filmes | Roteiroteca | Vídeo online | Debates | Cadê Profissionais? | Memória |